Câmara Municipal de Baião vai recolher resíduos de construção e demolição de forma gratuita

O Município de Baião tem à disposição dos seus munícipes um novo serviço gratuito de recolha de Resíduos de Construção e Demolição (RCD´s), provenientes de pequenas reparações domésticas.

Recorde-se que nas atividades de construção, reconstrução, ampliação, alteração, conservação e demolição de edificações sujeitas a licenciamento ou comunicação prévia, as empresas (empreiteiros) são obrigados a respeitar um Plano de Prevenção e Gestão de Resíduos, a fazer a triagem de resíduos por tipologia e a entregar os resíduos em empresas licenciadas para o efeito

Para acondicionamento deste tipo de resíduos, a Câmara Municipal de Baião disponibiliza gratuitamente aos munícipes um saco com capacidade de 1 metro cúbico, cuja cedência é válida por um período de dois meses. Posteriormente, o saco deverá ser colocado em local de fácil acesso à viatura de recolha (camião grua).

Para o vereador do ambiente da Câmara Municipal de Baião, Henrique Ribeiro, “esta medida vem resolver alguns problemas, tais como, a proteção do meio ambiente e evitar a colocação dos lixos e entulhos que estão espalhados nas florestas, bermas das estradas e caminhos do concelho “, referiu.

Simultaneamente, a Câmara Municipal de Baião, também recolhe “monstros domésticos”, serviço também ele gratuito, já existente há alguns anos, e qualquer cidadão pode usufruir dele. “Monstros domésticos” são eletrodomésticos, equipamentos eletrónicos, móveis e sofás velhos, colchões e outros resíduos que, dadas as suas caraterísticas ou volume, não podem ser depositados nos ecopontos, nem no contentor para o lixo indiferenciado. No entanto, podem e devem ser encaminhados para reciclagem.

Após a recolha, estes resíduos são depositados no ecocentro de Baião e ficam sob a responsabilidade da Resinorte S. A., que por sua vez, procede à separação e triagem dos resíduos, encaminhando-os para aterro ou para reciclagem, como por exemplo, os eletrodomésticos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Outras Notícias