Rios de Baião repovoados com 8500 trutas

Desde 2010 já foram lançadas aos rios baionenses perto de 30 mil trutas.

A Câmara Municipal de Baião e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) repovoaram na última quinta feira, 25 de junho, os rios Ovil e Teixeira com 8500 trutas.

A iniciativa, que pretende trazer mais vida a estes rios, não é nova. O repovoamento piscícola nos rios Ovil e Teixeira costuma decorrer com alguma frequência, tanto é que desde 2010 já foram lançadas às águas cerca de 27 mil espécimes de “truta-fário” com cerca de quatro centímetros.

Este tipo de atividades de repovoamento dos rios decorre no âmbito das políticas de preservação da fauna e da flora e de promoção do equilíbrio ecológico do concelho.

Baião é o concelho do distrito do Porto com maior percentagem de áreas verdes e florestais. Por isso mesmo, a autarquia baionense implementou ao longo dos anos uma estratégia de preservação desses espaços que passa por programas de educação ambiental, implementação de ações de defesa e vigilância da floresta, adoção de um plano de reflorestação dos espaços verdes do município ou a aposta em sistemas de eficiência energética, entre outros.

Na iniciativa costumam participar estudantes de todo o concelho, como forma de os sensibilizar para a importância da preservação do meio ambiente, exceção feita a este último repovoamento, devido às normas de segurança que se encontram em vigor em consequência da Pandemia por Covid 19.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Outras Notícias